sexta-feira, novembro 14, 2003

Como preparar e fumar um bom cachimbo

Nunca prepare o cachimbo com qualquer espécie de álcool; o álcool deteriora, queima o fornilho e diminui o tempo de vida do cachimbo.
Encher até meio, com pequenas porções de tabaco ligeiramente calcadas, a fim de evitar criação de bolsas de ar; em seguida, aumentar progressivamente a quantidade do tabaco até que o fornilho fique completamente carbonizado.
Acenda o cachimbo com uma chama curta, tendo o cuidado de verificar que toda a superfície do tabaco se consome uniformemente (apenas fósforo ou isqueiro a gás). Assim que estiver aceso, o tabaco tende a expandir-se até ao topo.
Em seguida, fume muito lentamente calcando de vez em quando o tabaco, com o calcador: obterá desta forma uma combustão regular. Para além do mais, de moderar a aspiração do tabaco evitará a decepcionante experiência de ter um cachimbo de "interior molhado".
Consuma o tabaco até ao fim. Assim melhorará a qualidade do cachimbo.
Nunca volte a utilizar o cachimbo enquanto ele ainda estiver quente; deixe-o repousar, de preferência 24 horas, e assim conservará todo o seu aroma.
Porque há uma dilatação diferente entre o corpo e a boquilha, desmonte o cachimbo unicamente quando estiver frio.
Retire a boquilha desenroscando, como se de um parafuso se tratasse.
Esvazie cuidadosamente o cachimbo batendo com uma pancada seca na palma da mão ou então com a ajuda da colher; nunca esvazie batendo com o cachimbo numa superfície dura: retirar-lhe-ia o "chique" do acabamento.

quinta-feira, novembro 13, 2003

Marketing em 10 lições!!! 13-11-2003 21:31:00
1º Exemplo:
Estás numa festa e vês uma senhora muito atraente...
Aproximas-te dela e sussurras:
- Sou muito bom na cama!

Isto é marketing directo.


2º Exemplo:
Estás numa festa com um grupo de amigos e vês uma senhora muito atraente...
Um dos amigos aproxima-se dela e sussurra:
- Este senhor, aqui, é muito bom na cama!

Isto é publicidade.


3º Exemplo:
Estás numa festa e vês uma senhora muito atraente...
Aproximas-te dela e pedes-lhe o seu número de telemóvel.

No dia seguinte telefonas-lhe e dizes:
- Sou muito bom na cama!

Isto é telemarketing.


4º Exemplo:
Estás numa festa e vês uma senhora muito atraente... reconhece-la.
Aproximas-te dela, refresca-lhe a memória dizendo:

- Lembras-te como sou bom na cama?

Isto é CRM (Customer Relationship Management).


5º Exemplo:
Estás numa festa e vês uma senhora muito atraente...
Levantas-te, ajeitas a roupa, aproximas-te dela e serves-lhe uma bebida, abres a porta quando sai, apanhas a carteira quando cai, ofereces um cigarro e dizes-lhe:

- Sou muito bom na cama!

Isto são Relações Públicas.



6º Exemplo:
Estás numa festa e vês uma senhora muito atraente...
Ela aproxima-se de ti e diz-te:
- Ouvi dizer que és muito bom na cama!
Isto é branding: o poder da marca.


7º Exemplo:
Estás numa festa como empregado e há outra empregada muito atraente...
Aproximas-te dela e dizes-lhe:
- Sou muito bom na cama!

Isto é B2B (Business to Business).


8º Exemplo:
Estás numa festa como empregado e vês uma senhora muito atraente que pede uma
bebida.
Aproximas-te dela e dizes-lhe:

- Sou muito bom na cama!
Isto é B2C (Business to Consumer).


9º Exemplo:
Estás numa festa e procuras a posição perfeita para estar perto do balcão, junto à passagem para a casa de banho, que seja local de passagem das melhores raparigas de modo que a luz realce a tua pele bronzeada, evidenciando o teu lado atraente de forma que atraias o máximo número mulheres atraentes e tentas convencê-las que és bom na cama.

Isto é GIS (Geographic Information System) ou Geomarketing.


10º Exemplo:
Estás numa festa, vês uma mulher muito atraente, aproximas-te dela e
dizes-lhe:
- Sou muito bom na cama!

- Quando na realidade não dás uma para a caixa...!
Isto é publicidade enganosa!